Home / prevenção / AIDS – Síndrome da Imunodeficiência Adquirida: Como Combatê-la?

AIDS – Síndrome da Imunodeficiência Adquirida: Como Combatê-la?

mateus-solano

No dia 1 de dezembro comemora-se o Dia Mundial de Combate à AIDS (Sídrome da Imunodeficiência Adquirida). O ator Mateus Solano foi escolhido como o nosso embaixador da UNAIDS no Brasil, programa da ONU de combate a AIDS em todo o mundo. Desde o início da epidemia 76 milhões de pessoas já se infectaram por HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) no mundo. Hoje, são quase 37 milhões de pessoas vivendo com o vírus. Já falamos sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis no texto sobre o Dia dos Namorados da Prudence mas hoje vamos falar sobre a AIDS.

1- E no Brasil, quais são as estatísticas sobre a AIDS?

Dados sobre a Síndrome da imunodeficiência Adquirida no Brasil, mostram que existem 780.000 pessoas vivendo com HIV (algo em torno de 0,4% a 0,7% da população), e ocorreram cerca de 44.000 novas infecções pelo vírus. O número de mortes relacionadas a AIDS foi de 16.000 no ano de 2014.

2- Como combater o HIV?

A primeira medida para se combater a doença é a informação que resulta em prevenção. Assista à um vídeo produzido pelo departamento de DST, AIDS e Hepatites Virais do Ministério da Saúde que conta a história da AIDS no BRASIL:

3- O que o HIV?

O HIV, sigla para Vírus da Imunodeficiência Humana, é um vírus que se espalha através dos fluídos corporais, afetando células específicas do nosso organismo (CD4 ou células T). O HIV destrói estas células do sistema imunológico, fazendo com que o organismo fique incapaz de combater doenças e infecções, levando a AIDS. Uma vez contraído, o HIV permanecerá no organismo para sempre.

Abaixo o gráfico mostra a taxa de prevalência da AIDS em populações-chave. Brasil, 2009-2013 (Fonte: UNAIDS)

AIDS

4- Como é a progressão da doença? Em que fases da doença o HIV pode ser transmitido?

Uma pessoa infectada com HIV pode transmitir a doença em qualquer uma desses estágios:

Infecção Aguda: entre 2 a 4 semanas após a infecção pelo HIV, você já pode se sentir doente, com sintomas parecidos com o da gripe. Fase denominada Síndrome retroviral aguda ou infecção viral primária e é a resposta natural do corpo frente à infecção pelo HIV.

Nesta fase são destruídas grandes quantidades de CD4 pois o HIV se utiliza destas células para se replicar. Também, a chance de transmissão nesta fase é maior pela alta carga de vírus no sistema.

Fase Assintomática: Também chamada de HIV assintomática ou infecção HIV crônica, o vírus está ativo porém replicando em níveis mais baixos. Nesta fase você pode não apresentar nenhum sintoma, nem ficar doente durante este tempo.

Pessoas que aderem ao tratamento antiretroviral podem viver por décadas nesta fase sem apresentar qualquer sintoma. Para quem não está em tratamento esta fase pode durar cerca de uma década, mas em alguns casos a doença pode passar desta fase rapidamente.

AIDS: Fase que ocorre quando o sistema imunológico está seriamente debilitado, e você torna vulnerável a doenças oportunistas como a cânceres e infecções. A contagem normal de CD4 é em torno de 500 a 1600 células por milímetro cúbico. Quando a contagem de CD4 cai abaixo de 200 células por milímetro cúbico de sangue, considera-se que a doença progrediu de HIV para AIDS. Pessoas com AIDS precisam de tratamento médico a fim de evitar a morte.

aids

5- Existe a cura da AIDS? Qual é o tratamento?

Apesar das diversas e intensas pesquisas na atualidade, não existe uma cura efetiva e segura. Hoje em dia, o tratamento é realizado através da terapia antiretroviral ou apenas ART, que prolonga expressivamente a vida das pessoas com HIV e diminui as chances de transmissão da doença.

6- Como saber se estou infectado com HIV?

A única forma de saber é pela realização do teste de HIV. Não dá para confiar somente nos sintomas. Como dito anteriormente, muitas pessoas podem ficar sem sintomas por até uma década. Para saber mais informações e locais de onde realizar o teste consulte o site do Ministério da Saúde

7- Qual é o nosso dever em relação à doença?

Segundo à UNAIDS, organização da ONU que visa combater a AIDS no mundo em 2030: “Nós temos o dever, em relação a essas pessoas, em relação aos nossos jovens e também às gerações futuras, de preparar um mundo – e um Brasil – com zero nova infecção, zero discriminação discriminação e zero morte relacionada à AIDS”.

Fonte:

Comentários via Facebook

Check Also

Boca Seca: Top Dúvidas

A boca seca ou cientificamente conhecida como xerostomia afeta cerca de mais da metade da …

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *