Home / Top dúvidas profissionais / Como Cobrar? Visão do Profissional que um dia não podia cobrar!

Como Cobrar? Visão do Profissional que um dia não podia cobrar!

como cobrar

Este é um post dedicado aos profissionais de Odontologia. Dia 7 de abril (Dia Mundial de Saúde), houve uma grande adesão dos profissionais de saúde para questionar e protestar contra as Operadoras de Plano de Saúde. Na minha opinião, este tipo de protesto é inócuo! Assim como o @Cardoso escreveu no texto “#horadoplaneta pra ecobobo chorar” , explicando que nunca vamos mudar o mundo apagando todas as luzes da casa na hora do planeta uma vez por ano! Sim, não adianta protestarmos contra as operadoras de convênio odontológico caminhando da Praça da Sé até o Gabinete do Governo e depois voltar para casa com a “sensação” do dever cumprido, porque o buraco é mais embaixo. Em todos estes anos de gestão dos nossos conselhos e associações de classe, o que efetivamente foi realizado em nosso apoio no que diz respeito aos convênios odontológicos?

Falo da realidade dos profissionais da cidade de São Paulo e acredito que seja a aflição da maioria dos cirurgiões-dentistas autônomos deste país! A grande maioria dos dentistas atendem por operadoras de plano odontológico e a solução para fuga das entranhas do convênio parece impossível! Mas não é! Hoje, você dentista tem sua agenda cheia de pacientes de convênio? Pois é, você se engana caso acredite que separar cinco minutinhos da agenda será suficiente para fechar um tratamento completo com  o paciente! A venda é a parte mais importante para o dentista autônomo e você separa apenas uns minutinhos, igual você faz com o exame clínico do convênio não é?

Pois digo, que se você der mais atenção aos seus pacientes fidelizados e preocupados com a saúde, do que aqueles que só querem fazer uma “limpezinha”, ou melhor ainda “ah, como minha empresa dá o convênio odontológico resolvi ir ao dentista…”, logo estará substituindo a sua clientela despreocupada e desapegada, por pacientes que pagam sua consulta independentemente de ter ou não um convênio. Esses pacientes você deve valorizar,  reservar bons horários na agenda e serem lembrados na hora de agradecer as indicações.

como cobrar1

Incrível como vejo colegas atendendo seus pacientes e dizendo: “Você não tem nada!” Dá três tapinhas nas costas e manda o paciente embora! Consulta grátis! Não sei se percebeu, mas os índices de cárie no consultório particular estão diminuindo paulatina e continuamente e os colegas não tem coragem, ou até acham que cobrar por uma profilaxia, orientação de higiene bucal, ou pedir Rx Panorâmico de controle é errado! Condicionados pelos planos odontológicos que não pagam pela parte mais nobre e que será o futuro da profissão nos próximos anos! A PREVENÇÃO! Você pode não ter percebido isto, mas os empresários dos planos de saúde enxergaram esta falha mercadológica à muito tempo, e estão “sapateando” em cima dos profissionais da área da saúde!

Você percebe que os índices de cárie nos pacientes desta nova geração, aproxima-se do zero? Você dentista vai esperar um acidente ou começar oferecer doces aos pacientes para dar uma “cobradinha”? Estamos condicionados a receber se só fizermos “algum” tratamento!? Errado!

Hoje, substituí os pacientes de convênio odontológico por pacientes fidelizados, escolhidos a dedo, levou um certo tempo, mas não preciso mais encher a agenda atender na quantidade para ver no outro mês fichas glosadas e extratos risíveis!

Falo isto em nome da minha experiência, essa foi uma das soluções que encontrei para me livrar das operadoras de plano odontológico pode não ser a melhor, mas tentei e consegui. Se você tem uma crítica ou sugestão de melhor idéia, comente e dê seu testemunho! As soluções para melhorar a qualidade de nossa profissão devem ser compartilhadas, porque é bom para todos! Você quer uma solução que seja benéfica para todos?! Pare de atender os convênios odontológicos!

Veja a opinião de outros profissionais:

Netdentista: Consulta Grátis!

VidadeDentista: Dentista de Graça!

Odontodivas: Avaliação Clínica – Cobrar ou Não?

Medo de Dentista: Alô… aí se cobra pra fazer orçamento?

DicasOdonto: O Orçamento Grátis

Ricardo Dentista: Consulta Grátis: Como isso Funciona?

Bruxismo: Cobrar consulta?

SorrisoCasoAll: Quanto vale?

Saudálito: Cobrar Consulta? Sim Senhor!

Doctor Vitor: Consultas Grátis não Pooode!

OdontoBlogia: O dia que me dei mal por não cobrar a avaliação inicial

Check Also

dentista cobra consulta

Dentista que Cobra Consulta: Isso é Correto?

Já havia explicado para os profissionais da odontologia no post “Como cobrar: Visão de um profissional …

20 comments

  1. Eu hoje cobro consulta e valorizo muito minha hora clínica, que não é barata. E tem muitos clientes que valorizam o meu conhecimento e a minha dedicação, e o que percebo que vejo problemas que colegas dando uma olhadinha não viram, pela rapidez ou pela falta de conhecimento E o cliente quer resolver seus problemas, querem saber a causa. Tem profissional que não encherga uma simples cárie gigante.É muito triste, aliás nestes casos é muito bom visitar um oftalmo pois o problema deve ser de visão.Temos que examinar e não dar uma olhadinha como muitos clientes pedem.
    E se voce cobra uma consulta voce tem vontade de examinar, de ouvir o cliente e deixar ele feliz e mais confiante no tratamento.

    • Parabéns Dra! Está corretíssima, devemos alertar a grande maioria que acha que está sendo mais “esperta” mas na verdade está se auto-sabotando!

    • Vc cobrava um valor desvinculado do convênio? Como fazia isso e como convencia o paciente a pagar? Ou cobrava um adicional do paciente que tinha convênio?

  2. Muito bom o texto 🙂

  3. Ola. adorei o tema, acho bem bacana discutir isso de forma aberta e clara

    Acho o assunto bastante complexo, ainda mais por saber que o Brasil é muito grande, e nem sempre o que é valido em alguma regiao , vale para a outra regiao, pois sao contextos bem diferentes

    Vale lembrar, que cobrar ou nao uma consulta inicial é algo q se refere a um paciente NOVO

    No meu contexto aqui em Sao Paulo, na regiao que eu atendo ( Pinheiros ) pacientes novos, particulares, é uma coisa bastante rara de acontecer

    Outra questao, é que como o paciente é NOVO, nao o conhecemos bem, nao sabemos quais sao ou nao suas reais condiçoes, e expectativas, o que torna o assunto mais dificil ainda

    O que eu tenho feito, de uma maneira geral é orientar a minha secretaria a dizer pro paciente q liga aqui perguntando se eu cobro a consulta, é falar que eu cobro, ( um valor baixo x ), e que esse valor é descontado do preço total do trabalho, se o paciente for fazer o tratamento comigo

    Nao sei se essa é ou nao a maneira ideal,e acho legal ouvir as opinioes dos outros colegas

    Abraços e parabens pelo blog

    Guilad

    • Isto mesmo Dr! O país é grande de diferenças culturais de um país continental. Porém, as aflições dos profissionais são praticamente iguais! Portanto, as soluções serão igualmente parecidas.

  4. Cobrar ou nao cobrar consulta inicial parece ser um dilema somente da odontologia. Sempre que consultamos medicos, advogados, engenheiros, veterinarios, pagamos a consulta sem perguntar.Devemos valorizar nossa hora clinica, preenchendo uma ficha de anamnese,conversando com o paciente para saber sua expectativa e realizando um exame bucal completo( mucosas, dentes, sondagem periodontal, lingua, apalpacao de linfonodos, vitalidade pulpar, mobilidades), e nao somente caries.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *