Home / Top dúvidas / Dente permanente fica mole? Com aparelho é normal?

Dente permanente fica mole? Com aparelho é normal?

dente permanente fica mole

Dente permanente fica mole? É normal os dentes ficarem moles com aparelho ortodôntico?

Acho que pior do que sonhar que perdeu todos os dentes, é vê-los amolecendo dia-a-dia e perdê-los na vida real! Não é verdade?

São diversas as dúvidas, que recebo diariamente, acerca deste assunto aqui no blog. Portanto, hoje vamos abordar as principais causas de amolecimento dos dentes. Quando sofremos uma queda e batemos a boca, é normal que os dentes fiquem abalados ou até que estes “saiam” da gengiva. Falei sobre este assunto no post “Avulsão dentária: Bati os dentes e eles saíram da gengiva! O que eu faço?

Mas hoje, vamos falar sobre outras causas que levam ao amolecimento dos dentes. A principal delas é a doença periodontal (gengivite e periodontite) e o tratamento ortodôntico que também amolece o dente, mas de maneira fisiológica:

dentes permanentes moles

1- Qual é a principal causa de amolecimento dos dentes? A gengivite ou periodontite deixam os dentes permanentes moles?

A periodontite, segundo uma das revistas científicas mais respeitadas do mundo, o The Lancet, é uma doença altamente prevalente e pode afetar cerca de 90% da população mundial. Ela é caracterizada pela perda do tecido conjuntivo e de suporte dos ossos, e, é uma das principais causas de perda de dentes em adultos. Além do biofilme com microorganismos patogênicos, fatores genéticos, ambientais especialmente o uso do tabaco contribuem para as causas desta doença. A periodontite resulta na formação de bolsas de tecido mole ou fendas aprofundadas entre a gengiva e raiz do dente. A forma severa da periodontite, pode resultar no afrouxamento dos dentes, dor ocasional e desconforto, mastigação deficiente e perda do dente.

Em primeiro lugar, é preciso conceituar gengivite e periodontite. A gengivite é o estágio inicial da doença periodontal, e, é caracterizada pela inflamação da gengiva, causada pela placa bacteriana que se forma constantemente nos dentes e gengivas de todas as pessoas. Isso mesmo! Todos temos estas bactérias e devemos controlar regularmente indo ao dentista e realizar a prevenção. Se não cuidada, a gengivite evolui para a periodontite que resulta em danos permanentes aos dentes, inclusive o amolecimento destes.

Segundo alguns estudos científicos observacionais, as manifestações desta doença tem efeitos adversos na gravidez, doenças cardiovasculares, acidente vascular cerebral, doenças pulmonares e diabetes.

2- Como sei que estou com estas doenças?

Sinais como o sangramento da gengiva após escovação ou higienização com fio dental, dentes com mobilidade, mau hálito intenso (geralmente percebidos por outra pessoa) e até abcessos purulentos podem ser um dos sinais desta doença.

O diagnóstico por um dentista é de fundamental importância. Serão necessários exames clínicos e radiográficos dos tecidos periodontais, a fim de verificar a perda de osso e tecido gengival. Dependendo da gravidade são necessários tratamentos com periodicidade determinada pelo profissional a fim de controlar esta doença.

3- Como posso evitar que meus dentes fiquem moles?

A forma mais branda de doença periodontal, a gengivite, é facilmente reversível pela higiene bucal simples. São necessárias visitas preventivas no dentista (a cada 6 meses) e o tratamento da doença periodontal, controlam o biofilme bacteriano e outros fatores de risco, evitando que a doença tenha progressão e o tecido de suporte seja “restaurado”.

Para entender melhor todo o processo, assista este vídeo rápido sobre a progressão da doença periodontal:

4- Tratamento ortodôntico deixa o dente permanente mole? Pacientes com doença periodontal podem utilizar o aparelho ortodôntico?

O objetivo de um tratamento ortodôntico é a melhoria na mastigação e a estética dos dentes e da face, movimentando adequadamente os dentes. Estes movimentos estão relacionados com a interação dos dentes com os tecidos de suporte adjacentes (ossos e gengiva) e deixam os dentes com certa mobilidade durante o tratamento ortodôntico. Mas nada que faça o dente sair com um espirro ou assoprando a vela do bolo! rs

Estudos mostram que não há contra-indicação de tratamento ortodôntico em adultos com problemas periodontais. Até mesmo em casos graves, a ortodontia pode melhorar a possibilidade de restauração de uma mordida deteriorada. Pra que tudo dê certo, a cooperação entre o ortodontista, periodontista ou o dentista clínico geral são fundamentais. Para tanto, o ortodontista irá estabelecer um minucioso regime de higiene bucal para o paciente, a fim de que uma gengivite não se transforme em um periodontite.

5- Meus dentes permanentes estão moles. Posso colocar o aparelho ortodôntico mesmo assim?

Está com periodontite, gengivite ou até uma cárie, e quer colocar aparelho para ficar bonitinho? Nada disso! Primeiramente seu dentista irá pedir exames e fará uma planejamento para melhorar a sua condição bucal antes de iniciar um tratamento ortodôntico! Portanto, se você está com o dente mole, procure um dentista pra ontem, porque colocar outro dente no lugar do perdido, sairá caro, dolorido e demorado! Leia o post “Gengiva inflamada, gengiva que sangra: Foi culpa do aparelho ortodôntico?

Quem também falou sobre o assunto:

E dente permanente.. Fica mole? – Medo de Dentista

Fonte:

Check Also

mordida cruzada anterior

Mordida Cruzada Anterior: Top Dúvidas

O que é a mordida cruzada? Qual é o melhor tratamento para mordida cruzada anterior? …

One comment

  1. Coloquei aparelho e meus dentes ficaram moles, mas depois que finalizei o tratamento, eles voltaram a ficar firmes, ainda bem.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *