Home / Entrevistas / Exclusivo! Entrevista com Blog do Dentista!

Exclusivo! Entrevista com Blog do Dentista!

blog dentistaVou começar uma nova série no blog, estreando com uma entrevista com Blog do Dentista, o meu mentor intelectual, assunto abordado na homenagem que fiz no post Meus sinceros agradecimentos.  O criador do Blog do Dentista, também conhecido como @Netdentista (no twitter), JV ou para os mais íntimos simplesmente Jota, inspira muitos que entram na blogosfera odontológica.

Brasileiro radicado em Portugal, conta com seus 20 anos de experiência para relatar causos sobre a nossa nobre profissão odontológica. Fenômeno da Odontologia na Internet, com mais de 650.000 visitas (desde a última visualização) em seu blog em 2 anos de existência, Jota procura valorizar a profissão, mostrando as últimas novidades, curiosidades e as vezes as mazelas de alguns “coregas”, mas sempre de uma maneira bem humorada! 

Vamos a entrevista: 

1- O que levou um brasileiro aventurar-se em terras d´além mar, num movimento contrário ao dos nossos colonizadores lusitanos, para tentar a sorte na Odontologia?

Minha mãe foi uma das primeiras dentistas de terras tupiniquins que veio para Portugal, há quase 30 anos atrás. Eu vim com 15 anos de idade e ainda fiz colegial num liceu português. Voltei para o Brasil para fazer faculdade, trabalhei alguns meses e retornei a Portugal. Meu trajeto aqui foi um pouco diferente da “corrida ao ouro” que houve na década de 90 por parte de muitos dentistas brasileiros, costumo dizer que sou brasileiro de nascença e português de coração.

2- Do que mais sente falta da época em que vivia no Brasil, e o que tem por estas terras que não encontramos aqui?
Faz quase 20 anos que não vou ao Brasil, depois deste tempo pouca coisa faz falta, mas minha veia surfista sente uma falta muito grande das praias e do clima do Brasil. Sem falar nos amigos e alguns familiares.
O que tem por aqui que não tinha aí é tranquilidade. Nasci e cresci em São Paulo, hoje em dia acho que estou no lugar certo para criar o meu filho.


Há! E o vinho tinto daqui não tem igual.

blog do dentista

3- Gosta de futebol? Qual seu time no Brasil e em Portugal?
Sou são paulino de cadeira cativa. Meu pai jogou muito futebol e tive alguns familiares que trabalharam no meio. Minha coleção de camisas começou na década de 70, com uma camisa do Valdir Peres e vai até uma do Ronaldo quando jogou no Barcelona. Se eu não tivesse coxa fininha e dois pés esquerdos, com certeza teria sido jogador.
Em Portugal meu time é o Porto.


4- Qual é a realidade da odontologia em Portugal?
A realidade é quase como todo o resto da Europa, que atravessa uma grande crise. O povo está perdendo poder econômico, os seguros dentários invadiram o mercado, o número de formandos é muito grande e, aliado a isto tudo, a burocracia e gastos que há para manter uma clínica dentária. Alguns anos atrás eu dizia para recém formados (Leia o 10 dicas para recém formados em odontologia!) que, para montar consultório, era só vender o carro que o papai deu. Agora é preciso o papai hipotecar a casa.
Em termos técnicos, está bastante evoluída, o contrário de até a poucos anos, quando basicamente só se faziam extrações e próteses. Acho que a vinda de dentistas brasileiros para Portugal contribui um pouco para isto. Ainda hoje muitos professores deslocam-se do Brasil para cá para lecionar cursos.

5- Por que você entrou na Blogosfera? Quem foi a sua inspiração?
Há 12 ou 13 anos atrás eu já publicava num homesite, como eram chamados na época os sites pessoais, fotografias e algumas coisas sobre as clínicas onde trabalhava. Desde então criei centenas de sites e blogs. O netdentista.com é um dos com mais visibilidade, mas não me considero fazendo parte da tal blogosfera. O que venho tentando construir a 3 anos é uma rede que interligue os melhores blogs de Odontologia. Na internet as coisas funcionam um pouco ao contrário do que muitos fazem no mundo real, é preciso construir parcerias fortes para crescerem todos.

Me inspiro em muitos blogueiros famosos mas, na Odontologia, meu grande incentivador foi o Kelvin, do Orthofree. Outro site que me chamou um pouco atenção, para a grandiosidade de números que a Odontologia pode gerar na internet (tráfego, visitas) foi o Odontosites. Mas nisto aprendemos sempre, mesmo com quem está começando.

6- Qual sua visão sobre os vários blogs de odontologia que surgem a cada dia?
Todos os dias são criados milhares de blogs sobre os mais variados assuntos, mas 99% é lixo virtual. Na Odontologia não é diferente, mas de vez em quando aparece algum bem construído, com artigos originais e seguindo uma certa ética. Ainda há muito aquela tendência de fazer blog/site de clínica tudo misturado, com templates default do Blogger e artigos longos e pouco interessantes. A maior parte são abandonados depois de 2 ou 3 meses.

Mas é muito diferente de à 3 ou 4 anos, quando nem havia com quem fazer parcerias e trocar opiniões. Naquela época, para divulgar o blog e fazer otimização para motores de busca (SEO), até aos sites de anúncios grátis era preciso recorrer. Hoje em dia também é muito mais fácil construir um blog bonito e funcional, mesmo para quem não saiba o que é HTML. Veja o caso do DentistaOn, em 4 ou 5 meses já possuia uma visitação bastante grande para o nicho, algo que demorei 2 anos para atingir.

7- Você se considera um Problogger? Consegue se sustentar com o seu Blog?
A parte da “monetização” do blog é só mais um aspecto que me fascina, está interligada com todo o resto, mas não é a motivação principal.
Sei que existe muito aquele mito de que é possível ganhar milhões sentado com um computador portátil em baixo de um coqueiro, mas viver de internet e blogs é como um trabalho normal, exige várias horas diárias.
Durante o dia só acesso a rede através de dispositivos móveis, o tempo que tenho para estar em frente do computador é muito pouco. Além de dentista, também sou quase pai e mãe de um garotinho pequeno, normalmente o máximo que consigo estar em frente ao PC é 1 hora por dia. O
netdentista.com rende algo como 300 a 400 Euros por mês, o que me leva a crer que se me dedicasse a tempo integral poderia viver de internet.


8- Que dica você daria para um recém formado, e para alguém que está iniciando um blog de odontologia?
Como disse antes, a internet é uma ferramenta poderosa, tanto para ampliar o contato com outros colegas como para divulgação profissional. Em grandes centros urbanos já conheço casos de algumas clínicas dentárias contratando profissionais para realizar ações de marketing e divulgação, onde chega a haver casos onde 50% dos novos pacientes são provenientes deste trabalho.
Já me disseram na brincadeira que, se de um dia para outro eu transformasse o netdentista em site da clínica, teria agenda cheia para dois anos, tal é a quantidade de visitas que recebe diariamente através dos motores de busca (cerca de duas a três mil).

Para quem está iniciando um blog aconselho a fazer apenas se for por gosto, se o objetivo é meramente profissional o melhor é contratar alguém para isto. Mesmo quando não é muito atualizado, um blog dá sempre trabalho e exige alguma dedicação, caso contrário os resultados podem decepcionar.

9- Qual é a sua visão sobre a odontologia atual, e o que você prevê para o futuro de nossa profissão?
Em nível técnico, para quem não é dentista, é fácil falar que a Odontologia é o ramo da saúde que menos evolui. Meu avô formou-se em 1920, cresci brincando no laboratório onde ele fazia próteses (na época que não existia protéticos). Em 1972 meus pais trouxeram do congresso mundial do México um dos primeiros aparelhos de fotopolimerização. Há 40 anos que acompanho a Odontologia, vi as transformações que foram acontecendo e sempre fiquei maravilhado.
O que acontece hoje em dia, em relação à parte financeira, é que depois do boom dos anos 70 e 80, muitos dentistas ainda olham para a profissão como um meio de enriquecer. Ser dentista deixou de ser privilégio quase exclusivo de famílias mais favorecidas e transformou-se numa profissão normal. E o mesmo aconteceu aqui em Portugal.


10- Considerações Finais
Agradeço ao Koga ter feito esta entrevista. Confesso que já perdi a conta do número de sites, blogs e até mesmo jornais que já solicitaram e nunca respondi, mas finalmente tive tempo, vontade e paciência. Além do mais, o ortodontiaparatodos é um dos melhores novos blogs de dentista que surgiram nos últimos tempos.
🙂


Leia também as entrevistas com:

Photo Crédit:

  • Banner Netdentista

Fonte:

Comente, deixe sua opinião no post “Entrevista com Blog do Dentista!”
Comentários via Facebook

Check Also

Gustavo Cerbasi Parte 2: Aposentadoria e Finanças Pessoais!

No primeiro Post “Gustavo Cerbasi Parte 1: Em Defesa dos Profissionais!”, este famoso autor deu …

6 comments

  1. Parabéns, Koga pela iniciativa desta entrevista e parabéns ao Jota.
    Adorei!
    Bjssssssssss

  2. derepentedentista

    Ow… eu queria ter feito isso primeiro!!!
    Hahahaha, mas tudo bem, sinto que meio incluso na questão nº 8.

    E, caros amigos, creio que logo logo estarei entrando em contato, digamos, um pouco mais profissional com todos vocês.

    Forte abraço e parabéns pela iniciativa!
    Tenho que ir procurar o tio, avô, ou sei lá o que do JV aqui em Araçatuba ainda, e acredito que até o JV vá ler essa entrevista!

  3. LEONARDO AUGUSTO DA MATTA FONSECA

    Muito bom!!!
    PARABÉNS!!!
    Putz!
    : )

  4. Obrigado pelo apoio de vocês! 🙂

  5. Ricardo Ferreira de Paula

    Boas perguntas e boas respostas! Vai pro meu melhor da semana (que vem)! Abs

  6. Valeu Ricardo! 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *