Home / Entrevistas / Pulpite Blog em Entrevista! @geissonsoares

Pulpite Blog em Entrevista! @geissonsoares

pulpite blog

Hoje, vamos conversar com @geissonsoares do Pulpite Blog. Soteropolitano formado na Universidade Federal da Bahia (UFBA) mostrou à que veio na Blogosfera Odontológica com seu português impecável, coisa rara nos dia de hoje nos vários Blogs existentes. Além de escrever bem, é praticamente um cartunista e claro, dentista!

Ele cita no seu Facebook:

“Eu tentei ser rico. Sério! Mas os amigos me mostraram que meu tesouro está pulverizado de tal forma que, comigo mesmo não há muito, mas o que é meu, me torna um dos ricos mais ricos entre os ricos.”

Vamos ao bate-papo:1- Seu Blog o pulpite tem o nome que está entre as piores dores que o ser humano pode sentir depois das cólicas renais, dor do parto e chute no saco segundo dados da Major Pain Organization. Você quis sensibilizar os dentistas, isto é, segmentar  a sua gama de leitores para o blog?

A gente começa um blog não tendo muita idéia do que ele será né? Penso que são poucos que tem em mente exatamente aquilo que vai produzir.

Agora eu acho ‘Pulpite’ um nome muito legal e curto para um blog. Não foi fácil chegar até ele e também foi difícil acostumar. Percebi que a pulpite é uma identidade clássica do trabalho do dentista, onde somente nós temos sua chave.

Pago um pequeno preço porque o blog fica realmente segmentado. Mas sua proposta é a diversão, o que passa disso é lucro (risos)

2- Tiradas como a que você escreveu no “Como os dentistas se vêem!” foi curtido por mais de 420 pessoas no Facebook, e não recebeu críticas dos salsinhas do politicamente incorreto nos comentários, muito pelo contrário. Você acha que seus leitores são mais maduros para entender o humor sarcástico de si mesmos, coisa que o Cardoso não consegue driblar entre alguns leitores de Q.I. diminuto por exemplo?

Muitos estão se tocando que não devemos levar tudo na ponta da alta-rotação… A onda do politicamente correto tem restringido bastante a criatividade e o humor, mas sempre damos um jeito de não perder o ‘toque’ (risos).

O bom senso é a palavra chave, eu até achei que peguei leve, poderia ter colocado um “alce” na visão do bucomaxilo (risos)

Sei que com o passar do tempo, será inevitável a presença de críticas. Por isso, como eu sou um rapaz inteligente, moderno e o escambau; terei que estar preparado para os comentários acalorados. (risos)

3- Em entrevista com a doutora entrevistadora Camila o Sofá do Dentista, você conta a história da sua Baratinha (Fusca) que foi seu primeiro meio de locomoção automóvel! Você tem saudades dela? Compraria outra?

Sim, nossa! Se dependesse de mim ele ficaria todo original guardadinho na garagem pra ser usado em ocasiões especiais! Foi uma relação de amor e ódio e a Baratinha foi mesmo um carro de economia. Quando quebra um farol, no máximo que se paga são trinta reais. O platinado? Basta um clipe de papel! O regulador de voltagem? Use a bobina de um motor de ventilador (risos)

Ele tinha uma porta que nunca trancava e, às vezes, eu fingia que a trancava, para não dá mole. (risos)

4- Os quadros no blog chamado de Fatos Universais Odontológicos ou tiradas como a do Dra Fran Ectomia onde é retratado o cotidiano dos dentistas e a visão do paciente sobre os fatos, se tornaram sucesso na blogosfera e foram muito bem “curtidos” no Facebook. Você se coloca no lugar dos pacientes para fazer as histórias ou baseia-se nas experiências pessoais para escrever as histórias? Sempre gostou de quadrinhos?

Tem determinados momentos que eu observo bastante o comportamento dos pacientes. Mas muitas idéias vêm de conversas que tenho com colegas ou daqueles pacientes mais descontraídos, que revelam na bucha o que pensam sobre os dentistas (sempre temos um engraçadinho destes, não? Rsrsrsr)

Minha infância e parte da adolescência foram lendo (e relendo) revistas em quadrinhos: X-men, Homem-Aranha, Wolverine (que para nossa felicidade havia “ganhado” uma revista própria) Conan… Mas meus heróis não foram o Peter Parker, Logan ou Professor X e sim John Byrne, Todd McFarlane (que redefiniu os traços Homem-Aranha e após isso criou o Spawn) e, é claro, o John Buscema, todos desenhistas.

5- Suas histórias como a do “O Boi Cangaceiro” ou o “Promotora de Vendas” são dignos de um livro de causos. Quando você vai juntá-las para publicação?

Puxa Alex, eu não tinha pensado nisso, mas não descarto a idéia! Eu penso que tenho que melhorar bastante, mas acho que o caminho é esse (risos). É preciso ler mais, e ajuda profissional, mas quando disser “Vamos começar”, será um doce desafio.

O problema é que eu não gosto muito do que sai de início, só consigo achar que está bom quando alguém diz que está (risos).

6- Considerações Finais:

Fiquei muito feliz pela oportunidade de estar aqui, e do espaço que você tem para entrevistar os ‘coregas’. Eu estou muito lisonjeado e agradeço muito por essa oportunidade de ouro para divulgar o Pulpite.

Desejo que seu sucesso aumente cada vez mais, e quando eu for me consultar contigo, não venha com um espelhinho em forma de katana, porque sou muito sensível… (risos) 

Comentários via Facebook

Check Also

Entrevista com De Repente Dentista! @sobazinho

Hoje vou entrevistar o “último anista” Maurício Shimada conhecido como @sobazinho do Blog De repente, …

2 comments

  1. Os dois são meus amigos!
    Sou um cara de sorte!

    Abraços!

    : )

  2. Não creio! Deixei escapar essa! Só agora fui ler essa entrevista!
    Muito boa! Pulpite Blog é pura originalidade e retrata muito bem a personalidade carismática do Dr. Geisson! Sou fã de carteirinha!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *